Descupinização

Um formigueiro tem 100 mil

membros, já uma colônia de

cupins tem 5 milhões, em média

ECONOMIZE
Planos de Controle
+ Higienização 

No interior do solo e da madeira, é onde esses insetos habitam e se alimentam, já que se alimentam principalmente de celulose, mas também de plantas e fungos. A colônia é formada pelo rei e rainha, os únicos férteis e os únicos que têm olhos, e operários e soldados são inférteis e cegos. 

Na temporada da primavera, os membros férteis costumam sair em revoada, momento que perdem as asas e caem ao chão, para dar início a uma nova colônia. 

Pontos de atenção

Reprodução aos montes

Uma rainha produz anualmente mais de 3 milhões de ovos.

O risco negligenciado nas caixa d'águas 

Caixas d´água apoiadas sobre suporte de madeira necessitam tratamento preventivo contra infestação de cupins e brocas de madeira sob o risco desses insetos causarem a perfuração  e inutilização da caixa d´água, desabamento de estruturas, curto-circuito.  

ATAQUE
INDÍCIO
TIPO DE MADEIRA
BROCAS
Baixa
agressividade
Pó fino de madeira, como farinha ou fubá
Podem atacar qualquer tipo de madeira, inclusive peroba, ipê etc
CUPIM DE MADEIRA SECA 
Média
agressividade
Pequenos grânulos amontoados, que
são os excrementos
da colônia
Atacam brancais ou alburno, madeiras menos nobres e madeiras brancas
CUPIM 
SUBTERRÂNEOS
Elevada
agressividade
Raramente há indícios, constroem túneis de terras
Podem atacar qualquer tipo de madeira, inclusive peroba, ipê etc
Conheça as três principais espécies
causadoras desses danos 

Matriz 

Rua dos Cedros, nº 250 - Bairro Bom Jesus CEP 13601-265 - Araras/SP

(19) 3542-7913 

(19) 3542-9205

(19) 99870-3074

mm@mmtecnologiaambiental.com.br

Filial

Rua Atílio Gardezani, nº 220 - Distrito Industrial Flaminio de Freitas Levy 

CEP 13490-000 - Cordeirópolis/SP

(19) 3546-6308 

cordeiro@mmtecnologiaambiental.com.br